Notícias

Apesar de posição vantajosa, o País ainda derrapa em entraves regulatórios e gargalos que atravancam seu crescimento no setor

A importância dos estudos clínicos está diretamente ligada ao avanço do conhecimento científico e ao levantamento de dados de eficácia e segurança, para que médicos, profissionais de saúde e autoridades sanitárias possam decidir quais tratamentos podem ser usados e em quais condições. No Brasil, a importância do setor vai além: a participação em um estudo clínico é, muitas vezes, a única oportunidade que pacientes com doenças graves ou raras têm de acesso a medicamentos inovadores ainda não disponíveis no mercado. Situações como essa são comuns entre pacientes com câncer e já ajudaram muitos portadores de HIV (no passado, tratados apenas em pesquisas clínicas) a controlar a doença, propiciando o avanço dos medicamentos que hoje são oferecidos a todos. 

Leia mais...

Acordo assinado nesta terça-feira (25) pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, prevê a fabricação de oito medicamentos no País
O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou que o Brasil deixará de importar sete medicamentos e passará a produzi-los no País.

Leia mais...